#Livros do Mês! - Janeiro

domingo, fevereiro 19, 2017

    Eaí galera, tudo bom??? Eu não faço um post dessa categoria desde maio do ano passado e é engraçado que senti muita falta! Não vou deixar o blog desatualizado e deixar as leituras de 2016 incompletas. Vou fazer a retrospectiva que sempre faço pra que vocês conheçam os livros que li nesse ano que acabou agora pouco haha. 
   Em janeiro consegui ler seis livros! Quatro peças de teatro, e duas dessas foram xerox da faculdade, mas mesmo assim foram leituras que me enriqueceram! Vou colocar as sinopses do Skoob abaixo pra vocês conhecerem esses livros!
   P.S. sim, eu tive aula em janeiro hahaha.

Harry Potter e a Ordem da Fênix - J.K. Rowling (Nota:)
Harry Potter e a Ordem da Fênix - Harry Potter chegou à adolescência. E, junto com as transformações desta época tão importante, vive seus dias mais sombrios na escola de magia de Hogwarts.

 No livro, Harry não é mais um garoto. Aos 15 anos, continua sofrendo a rejeição dos Dursley, sua estranhíssima família no mundo dos "trouxas", ou seja, todos os que não são bruxos. Também continua contando com Rony Weasley e Hermione Granger, seus melhores amigos em Hogwarts, para levar adiante suas investigações e aventuras. Mas o bruxinho começa a sentir e descobrir coisas novas, como o primeiro amor e a sexualidade. Nos volumes anteriores, J. K. Rowling mostrou como Harry foi transformado em celebridade no mundo da magia por ter derrotado, ainda bebê, Voldemort, o todo-poderoso bruxo das trevas que assassinou seus pais. Neste quinto livro da saga, o protagonista, numa crise típica da adolescência, tem ataques de mau humor com a perseguição da imprensa, que o segue por todos os lugares e chega a inventar declarações que nunca deu. Harry vai enfrentar as investidas de Voldemort sem a proteção de Dumbledore, já que o diretor de Hogwarts é afastado da escola. E vai ser sem a ajuda de seu protetor que o jovem herói enfrentará descobertas sobre a personalidade controversa de seu pai, Tiago Potter, e a já anunciada morte de alguém muito próximo. O desaparecimento de um dos personagens centrais da trama é um dos trunfos de A Ordem da Fênix que, com isto, transforma-se no livro mais dramático da série até agora. 


Harry Potter e o Enigma do Príncipe - J.K. Rowling (Nota:)
"Harry Potter e o Enigma do Príncipe" dá continuidade à saga do jovem bruxo Harry Potter a partir do ponto onde o livro anterior parou, o momento em que fica provado que o poder de Voldemort e dos Comensais da Morte, seus seguidores, cresce mais a cada dia, em meio à batalha entre o bem e o mal. A onda de terror provocada pelo Lorde das Trevas estaria afetando, até mesmo, o mundo dos trouxas (não-bruxos), e sendo agravada pela ação dos dementadores, criaturas mágicas aterrorizantes que "sugam" a esperança e a felicidade das pessoas.
Harry, que acabou de completar 16 anos, parte rumo ao sexto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, animado e, ao mesmo tempo, apreensivo com a perspectiva de ter aulas particulares com o professor Dumbledore, o diretor da escola e o bruxo mais respeitado em toda comunidade mágica.
Harry, longe de ser aquele menino magricela que vivia no quarto debaixo da escada na casa dos tios trouxas, é um dos principais nomes entre aqueles que lutam contra Voldemort, e se vê cada vez mais isolado à medida em que os rumores de que ele é O Eleito, o único capaz de derrotar o Lorde das Trevas, se espalham pelo mundo bruxo. Dois atentados contra a vida de estudantes, a certeza de Harry quanto ao envolvimento de Draco Malfoy com os Comensais da Morte e o comportamento de Snape, suspeito como sempre, adicionam ainda mais tensão ao já inquietante período.
Apesar de tudo isso, ele e os amigos são adolescentes típicos: dividem tarefas escolares e dormitórios bagunçados, correm das aulas para os treinos de quadribol, e namoram. Rony e Hermione, os melhores amigos de Harry, se dão conta (finalmente!) da atração que sentem um pelo outro; Harry e Gina, a irmã mais nova de Rony, também.
Muitas peças do intricado quebra-cabeça criado por J. K. Rowling começam a se encaixar, à medida em que a escritora começa a preparar Harry (e os leitores) para o desfecho da série. Informações são reveladas por meio do uso da Penseira, um objeto que permite compartilhar memórias, utilizado por Harry e o professor Dumbledore para viajar no tempo, e por diferentes lugares, em busca de explicações sobre o passado de Voldemort.

Hamlet - William Shakespeare (Nota:)
Um jovem príncipe se reúne com o fantasma de seu pai, que alega que seu próprio irmão, agora casado com sua viúva, o assassinou. O príncipe cria um plano para testar a veracidade de tal acusação, forjando uma brutal loucura para traçar sua vingança. Mas sua aparente insanidade logo começa a causar estragos — para culpados e inocentes.

Macbeth - William Shakespeare (Nota:)
Macbeth é um general do exército escocês muito apre­ciado pelo seu monarca, o rei Duncan, por sua lealdade e seus préstimos guerreiros. Um dia, ele e Banquo, outro general, são abordados por três bruxas, que fazem os seguintes vaticínios: Macbeth será rei; Banquo é menos importante, mas mais pode­roso que Macbeth; e os filhos de Banquo serão reis. Macbeth não compreende as confusas palavras das aparições, mas elas calam fundo dentro de si. Ele relata o estranho encontro para a mulher, Lady Macbeth – uma das mais perfeitas vilãs da lite­ratura –, que, ambiciosa, exerce seu poder sobre o marido, levando-o a cometer o gesto fatal de traição ao rei que desencadeará a tragédia dos dois e uma reviravolta na corte.

Fedra - Racine (Nota:) 
Já se disse tudo sobre ela nestes últimos três séculos (e muito mais se dirá): é a tragédia erótica de uma família sexo-orientada. Fedra, esposa de Teseu, é irmã de Ariadne (a do labirinto) que já foi apaixonada por Teseu e, abandonada por este num rochedo, que maldade!, se casou com Baco, logo com quem! Ambas, Fedra e Ariadne, são filhas de Pasifaé, aquela senhora que se apaixonou por um touro, ora!, ora, e mandou ver, dando à luz o Minotauro. Teseu, o marido de Fedra, antes de casar com esta, conquistou Antíope, rainha das Amazonas, além da já citada Ariadne, depois ganhou Helena aquela mesma, de Tróia no jogo e teve uma filha com ela. Alguns eruditos discordam dessa versão porque Helena tinha então apenas nove anos, mas se esquecem de que Helena era muito pós-helênica. Nesta tragédia, Fedra, filha do sol, é prisioneira das trevas de um amor absolutamente proibido ama Hipólito, seu enteado , foge da luz do dia e se debate entre a loucura, a exaltação, a inveja, o ódio, a autopunição e a vergonha pública. Mas, ao fim e ao cabo, penso que a história de Fedra é mais do que um amor tabu que luta contra a proibição moral e social. É a história paleontológica do próprio incesto, cuja explicação só encontro na origem da linguagem humana. Inventadas as palavras (entre elas pai, mãe, filho, filha, irmã) estava automaticamente inventado o incesto. E aqui começa esta tragédia.

A Vida é Sonho - Calderón de la Barca (Nota:)
A Vida é Sonho é uma das mais conhecidas e encenadas comédias de Calderón de la Barca. A peça se vale dos recursos da farsa para representar o grave assunto de "vanitas", ou vaidade da vida. A finalidade moral que assume em seu tempo é, pois, ensinar a lição do Eclesiastes - a de que é vã a vida humana sobre a terra, não passando de vaidade e aflição do espírito aqueles bens que aos homens pareçam honra, glória, riqueza ou distinção. 

-----------------------------
   Qual desses livros vocês já leram também? Já conheciam Fedra e A Vida é Sonho? Super recomendo! Deixe seu comentário, ele é muito importante para o blog! Beijos e até a próxima!

You Might Also Like

16 carinhos.

  1. Oi, Nat!
    Mulher, eu amo esses livros de HP! Já a adaptação... E claro que você pode responder a tag. Eu deixei em aberto porque não sabia quem indicar hahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  2. Oi Nat, tudo bem??
    Acredita que até hoje nunca li Harry Potter? Sempre tive vontade!!!
    E quanto a Shakespeare, ele é incrível né? Já li vários por causa do teatro e adoro!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia os últimos 2 e sobre os do Harry eu ainda não li ahaha comecei o primeiro mas não curti tanto dai acabei parando mas quero dar uma chance
    Beijos
    penultima-janela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Infelizmente não consigo me interessar por Harry Potter. Sempre quis ler porque muitos falam, mas nunca realmente me interessei, até porque, não gosto dos filmes :(
    Agora, Shakespeare é Shakespeare, não é? Não tem como não amar!
    Beijos!
    Magia é Sonhar | Sorteio Marcadores de Página

    ResponderExcluir
  5. Oi Natália! Que bacana ler as peças, faz muito tempo que não leio uma hehehehehhe e sei bem como é ter aulas em janeiro rs Acho que do quinto livro pra frente da série Harry Potter eu chorei em todos! Cada morte um rio de lágrimas rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Natália! Tudo bem? Menina, eu sou doido pra ler Hamlet. Já Harry Potter, não tenho nenhum pingo de interesse de ler... Adorei o post! <3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Quantas leituras boas esse mês de Janeiro.
    Bateu até uma vontade de reler Harry Potter ♡
    Bjs

    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá Natália, tudo bem?
    Das suas leituras, só conheço Harry potter que ainda não li...hahaha.
    Vou procurar saber mais sobre esses dois que você indicou.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Natália!
    HP, adoro <3
    Tbm já li esses dois livros de Shakespeare, que é um autor muito bom, gosto de suas histórias (trágicas, haha)!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Natália.
    Eu quero muito ler os livros de Harry Potter. Já assisti aos filmes e gosto bastante.
    Gosto muita das obras de Shakespeare, principalmente "Sonho de uma Noite de Verão".

    Abraço!
    Tudo Online
    Participe do sorteio do livro "Febríssima"

    ResponderExcluir
  11. Oi Natália,
    Eu amooooooooooo Harry Potter!
    E essa edição é tão linda <3
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Desses eu só li Hamlet e amei, pretendo ler Macbeth também, acho que é um dos poucos de Shakespeare que ainda não li.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  13. Fico feliz que a leitura tenha sido produtiva para você. Ainda nao li nada do que citou aqui, mas quero muito!!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  14. Oi, oi Nat!
    Que listinha mais linda! Só ótimas leituras. Estou pensando em começar a ler Shakespeare, que por incrível que pareça, nunca li nada dele. Adorei ver Hamlet na sua lista. Vou começar por esse. Ótimo post!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
  15. Saudades de você e do seu blog! *--*
    Eu adorei saber dos livros que você leu no mês de janeiro, estou louca para ler a saga completa de H.P., já que sou apaixonada pelos filmes. *--*
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  16. Olá, ainda não li nenhum desses livros, de Harry Potter eu só li os dois primeiros mas quero muito ler os demais. E gosto bastante de ler roteiros de peças de teatro.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!